Governança em Start-ups

Quando a empresa está se estruturando, testando o mercado e o modelo de negócios, as recomendações mais avançadas de governança não costumam ser prioridade. Por isso, é natural começar a pensar em governança quando a necessidade de captar recursos se faz presente, ou quando o ingresso de investidores passa a requerer mais organização da empresa.

Nossa metodologia busca implantar a governança aos poucos, de uma forma que agregue a diversidade de pontos de vista e aprimorando-a ao longo da jornada, avaliando formas de aplicar as melhores ferramentas e entender quais as habilidades são necessárias para colocá-las em prática em cada uma de suas fases. Desta forma, apoiamos as empresas em um processo de inovação e crescimento constantes. Nossa missão é assessorar nossos clientes à transcender por esse recém criado universo para que os negócios agreguem real valor aos acionistas e a sociedade.

ícone startups
startups

Adotamos práticas pertinentes e adequadas a cada uma das fases de desenvolvimento da startup

A adoção de boas práticas de governança pode ser a diferença entre o sucesso ou insucesso de
um novo negócio. As empresas bem-sucedidas que chegam à maturidade costumam
passar com êxito por quatro fases em seu trajeto de evolução: