Veja como os regulamentos da LGPD podem impactar diretamente na atuação da sua empresa!

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) visa criar um novo marco legal para o uso de dados pessoais no Brasil, tanto online quanto offline, nos setores público e privado.

De forma básica, a LGPD exige que você processe dados pessoais apenas para fins legítimos, específicos, explícitos e claramente comunicados. Portanto, você deve usar apenas os dados de que precisa.

LGPD e o Compliance da sua empresa

Como o Compliance é a área da organização responsável por garantir que a empresa atue de acordo com a lei e com as melhores práticas, ele está diretamente conectado com a LGPD.

Uma vez que todas as áreas de uma empresa têm contato com informações pessoais alheias, fazer as adequações necessárias para atender a todos os princípios da LGPD pode ser um desafio se você não estiver preparado. 

As multas por infração da LGPD podem chegar a até 2% da receita relativa ao exercício fiscal anterior de pessoa jurídica privada, grupo ou conglomerado brasileiro, sem impostos, com um limite máximo total de R$ 50 milhões.

Como adequar suas políticas à LGPD?

A LGPD exigirá das empresas um aumento significativo no nível de maturidade de todos os processos que envolvem acesso à privacidade e segurança de dados. 

É por esse motivo que as empresas precisarão contar com profissionais encarregados de desempenhar a função de “agente de proteção de dados”, de acordo com as diretrizes da nova lei. 

Se você precisar de ajuda com o Compliance da sua empresa e com a adequação à LGPD, entre em contato conosco e veja como podemos ajudá-lo.