Os líderes de empresas desenvolvem planos para atingir seus objetivos gerais e,  na maioria dos casos, consideram útil separar o planejamento estratégico em fases. Isso permite que  eles acompanhem as melhorias imediatas, enquanto avaliam o progresso em direção a objetivos e metas mais abrangentes.

Existem vários fatores para desenvolver um planejamento financeiro  que mova uma organização em direção ao sucesso. O primeiro passo é um entendimento básico da diferença entre o que seria os três níveis de planejamento: estratégico, tático e operacional. Confira!

Planejamento estratégico (longo prazo)

Um plano estratégico é uma visão ampla de alto nível de todo o negócio, onde se incorporam os conceitos de visão,  missão, valores e onde a empresa deseja chegar em mais longo prazo. Esse plano é a base fundamental da organização e ditará as decisões a longo prazo (3 a 5 anos ou até mais).

Planejamento tático (médio prazo)

O plano tático descreve as táticas que a organização planeja usar para atingir as ambições delineadas no plano estratégico. Geralmente, tem um escopo de um ano ou menos e divide o plano estratégico em partes menores e mais acionáveis. Os componentes incluem metas específicas com prazos, orçamentos e recursos  definidos.

Planejamento operacional (curto prazo)

O plano operacional descreve o funcionamento do dia a dia da empresa. O plano operacional traça um roteiro para atingir as metas táticas dentro de um cronograma realista. Esse plano é altamente específico, com ênfase nos objetivos de curto prazo..

Para prosperar, uma organização deve  trabalhar em uma estruturação clara dos três níveis de planejamento. Você pode ser incrivelmente eficiente em seus procedimentos diários, mas se não estiver alinhado com o plano estratégico  ou não reagir a uma mudança no mercado, sua empresa  poderá perder um capital considerável..

Entre em contato conosco para saber como podemos apoiá-lo na construção de um planejamento eficiente que garanta o futuro do seu negócio.